Morre a lenda do folk Pete Seeger, ídolo de Bob Dylan e Bruce Springsteen

Pete Seeger
Morreu aos 94 anos Pete Seeger, figura seminal da música norte-americana, que manteve a música folk viva e influenciou gerações de músicos, de Bob Dylan a Bruce Springsteen. Ele morreu na última segunda, 27, em Nova York, de causas naturais, de acordo com que o neto dele confirmou ao jornal The New York Times.

Como artista solo, compositor, intérprete e integrante da lendária banda de folk The Weavers, Seeger levou músicas tradicionais e politizadas ao mainstream ao longo de seus 70 anos de carreira. Ele compôs ou ajudou a compor “If I Had a Hammer” (um hit do Peter, Paul and Mary) e “Where Have All the Flowers Gone?” (que ficou famosa com o Kingston Trio). O Byrds chegou ao primeiro lugar das paradas com “Turn! Turn! Turn!”, que Seeger adaptou do Livro de Eclesiastes e transformou em música. Nas mãos de Seeger, canções de Cuba (“Guantanamera”) e da África do Sul (“Wimoweh”) se tornaram standards adorados no mundo todo, e “We Shall Overcome”, uma música gospel tradicional que Seeger tinha ouvido no começo da carreira, se tornou parte do repertório regular dele e presença constante em manifestações pelos direitos civis nas décadas seguintes.
Apesar de Seeger nunca ter conseguindo entrar nos primeiros 40 lugares da parada por conta própria, o top 40 nunca foi uma indicação do impacto impressionante que tinha. Sua enorme influência na música nunca foi tão óbvia quanto no show que comemorou seus 90 anos, no Madison Square Garden (Nova York), em 2009. Entre os que compareceram para prestar homenagem a ele estavam Springsteen, Joan Baez, John Mellencamp, Dave Matthews, Emmylou Harris, Tom Morello, Ben Harper e Billy Bragg. “A história da vida de Pete é a história da música mudando o mundo”, disse Tom Morello para a Rolling Stone EUA em 2007.
Fonte Rolling Stones

Anúncios