Courntey Love chora pela memória de Kurt Cobain durante julgamento

Courntey Love caiu em lágrimas nesta quarta, 22, diante da Corte Superior de Los Angeles, onde ela está sendo processada por difamação. Ela começou a soluçar, segundo o site da revista Spin, durante testemunho do empresário canadense Phillip Gross, que detalhou como comprou uma guitarra supostamente de Kurt Cobain de um técnico de guitarra do Nirvana. Contudo, Gross descobriu mais tarde que era falsa. Neste momento, a vocalista do Hole teria coberto o rosto e começado a chorar, consternada com a forma com a qual a memória do marido tem sido tratada nos últimos anos.

Love é alvo do primeiro processo da história por difamação no Twitter. Em 2010, a conta @CourtneyLoveUK postou um tuíte alegando que a advogada da cantora na época, Rhonda Holmes, foi subornada quando decidiu não participar de um processo contra os responsáveis pelo espólio de Cobain, segundo noticiou o site da ABC News. Gross foi à corte porque afirmou que entrou em contato com Holmes sobre o assunto, mas nunca recebeu resposta, corroborando com a afirmação de Courtney de que a advogada “desapareceu”.

O Twitter de Courtney é o primeiro a entrar em um caso na justiça – há três anos, ela teve que pagar US$ 430 mil a um estilista com quem brigou no Twitter, segundo informações da revistaBloomberg Businessweek. O resultado pode abrir precedentes para casos similares no futuro.

Quando deu sua versão, Courtney afirmou que o tuíte era apenas a sua opinião. Ela também pensou que estava tuitando apenas para duas pessoas. O advogado de Holmes, Mitchell Langberg, disse à emissora televisiva KABC, contudo, que tratou-se de uma declaração prejudicial independentemente de quem visse.

Holmes também testemunhou e afirmou que não recebeu suborno nem desapareceu. Em outro dia de julgamento, ainda segundo a revista Spin, Holmes disse que “admirava ela muito. Achava que ela tinha alcançado muita coisa em sua carreira de atuação. Ela era muito articulada, muito brilhante.”

Courtney já tinha chorado antes no julgamento quando foi questionada sobre a importância para ela do bem-estar de sua filha, Frances Bean Cobain. Ela disse, em lágrimas: “É a coisa mais importante para mim”.
Fonte: Rolling Stones
Anúncios