Baterista já ensaia para entrar para o Slipknot

Ex-integrante do Decapitated postou “testes” na web!

Ao saber que o Slipknot está sem baterista, com a saída de Joy Jordison, o austríaco Kerim “Krimh” Lechner não perdeu tempo e, no finalzinho do ano passado, gravou por conta própria uma espécie de teste para entrar para o noneto americano. Krimh, que já fez parte do afamado grupo de death metal polonês Decapitated e tem consolidada carreira solo, postou no youtube dois vídeos em que ele aparece tocando as músicas “People=Seet”http://www.youtube.com/watch?v=V_S3nvCVFsc&list=FLbuOM2UyKFfRugCKSjYQowQ e “Eyeless” http://www.youtube.com/watch?v=EIJ7unHaS1g&list=FLbuOM2UyKFfRugCKSjYQowQ. Clique nos links para assistir e veja se o cara serve para o posto.
No início de dezembro, uma publicação oficial do site do Slipknot comunicou que Jordison, um dos fundadores do noneto, deixou o grupo por “motivos pessoais”. Ontem (2/1), em uma mensagem de Ano-Novo postada na página pessoal do Facebook, Joy Jordison disse que não saiu do grupo por vontade própria, e que há muita coisa que ele gostaria de dizer. Joey Jordison tem outras duas bandas, o Murderdolls, no qual canta e toca guitarra, e Scar the Martyr, como baterista.

Anúncios

Baterista diz que não deixou o Slipknot.

Em nota de felicitações do Ano-Novo Joey Jordison acaba colocando mais lenha na fogueira na crise que levou à sua saída do grupo. Foto: Divulgação.

Em uma mensagem de Ano-Novo postada na página pessoal do Facebook, o baterista do Slipknot, Joy Jordison, disse que não saiu do grupo por vontade própria. “Eu quero deixar bem claro que eu não deixei o Slipknot”, diz um trecho do texto, em caixa alta.
“Essa banda tem sido a minha vida pelos últimos 18 anos, e eu nunca a abandonaria, nem meus fãs. Essa notícia me chocou e me surpreendeu tanto quanto a vocês. Há muita coisa que eu gostaria de dizer, mas devo ficar em silêncio nesse momento”, segue a nota, dando a entender que a situação está longe de ter um ponto final. Clique aquihttps://www.facebook.com/JoeyJordison?fref=ts para ler a íntegra da mensagem, em inglês.
No início de dezembro, uma publicação oficial do site do Slipknot comunicou que Jordison, um dos fundadores do noneto, deixou o grupo por “motivos pessoais”. Já nesse texto, assinado pelo grupo, havia uma promessa de explicar melhor a situação em um “futuro próximo”.
A nota também reafirma a intenção de o Slipknot lançar um novo álbum no ano que vem. “É o nosso amor por todos vocês e pela música que fazemos o que nos estimula a seguir em frente com os nossos planos de lançar material novo no ano que vem”, diz o texto. O grupo não lança nada desde 2008, e depois da morte do baixista Paul Gray, em 2010, quase se desfez.
Joey Jordison tem outras duas bandas, o Murderdolls, no qual canta e toca guitarra, e Scar the Martyr, como baterista. O substituto de Jordison não foi anunciado.